COMO HIGIENIZAR CORRETAMENTE OS ALIMENTOS

Para ter uma alimentação saudável o primeiro passo é ter alimentos limpos. Para isto, é essencial conhecer o processo correto de limpeza e higienização das frutas, verduras e legumes, chamado sanitização. Portanto, fique atento às orientações abaixo.

As vantagens de uma alimentação rica em legumes e frutas é do conhecimento de todos. Mas, poucos sabem que esses nutrientes serão melhor aproveitados com uma higienização correta. E o cuidado com a higiene do alimento começa na hora da compra, escolha alimentos sem amassados ou picadas de insetos, pois quando não está íntegro a contaminação do meio externo pode invadir o produto e comprometer a sua higiene. Além disso, tente, sempre que possível, fazer a higienização imediatamente após a chegada das compras, assim eles serão acondicionados a geladeira devidamente limpos e prontos para uso.

Frutas e verduras devem ser lavadas em água corrente (folhas devem ser lavadas uma a uma). Nesse momento, no caso de frutas, raízes, tubérculos e couve manteiga, é recomendável o uso de uma escovinha (compre uma escovinha nova e a use somente para este fim) para limpar as regiões próximas aos talos, onde a sujeira se acumula. Na couve manteiga, em especial, utiliza-se a escovinha pois normalmente suas folhas vem extremamente sujas próximas aos talos e somente a lavagem em água corrente não irá retirar.

O passo seguinte é a higienização, ou seja, livrar os alimentos de parte dos microrganismos presentes. Para tanto é necessário imergi-los em uma solução de água e cloro. Mas atenção, só utilize o cloro depois que lavar as hortaliças em água corrente. Esse procedimento garante que o cloro vai agir diretamente nos microrganismos e não nas sujeiras aparentes que você deixou de retirar. Algumas marcas de água-sanitária tem em seu rótulo a indicação para uso culinário. Siga as instruções da marca para proceder corretamente. Caso não encontre as instruções no rótulo, não utilize o produto. Já existem no mercado algumas marcas de cloro para uso culinário.

Passado o tempo recomendado na embalagem, deve-se escorrer e enxaguar os alimentos em água corrente. Esse procedimento garante que a eliminação do cloro e o consumo do alimento sem efeitos nocivos. É importante que os alimentos estejam secos antes de serem armazenados na geladeira. Seque-os com papel-toalha, centrífuga de folhas ou naturalmente.

O cloro também pode ser usado para higienizar utensílios como facas, talheres, placas de corte, almofariz. Depois de bem lavados com água e sabão, deixe-os de molho em uma solução de 1 litro de água para uma colher de cloro. Deixe agir durante 30 min, enxágue e seque antes de guardar.

Posso usar água sanitária para higienizar alimentos?

Sim, desde que no rótulo do produto esteja sinalizado que ele pode ser utilizado para desinfetar alimentos. Aqueles que não contêm essa inscrição podem ter componentes nocivos à saúde. O processo de desinfecção de frutas, legumes e verduras que serão consumidos frios elimina boa parte das bactérias presentes que podem causar infecções como a cisticercose.

A dosagem recomendada é de 20 ml (2 colheres de sopa) para cada litro de água, no caso de conter 1% de cloro ativo em sua composição, e 10 ml para cada litro no caso de 2% ou 2,5% do cloro. Já o vinagre pode ser utilizado no processo da lavagem, antes da desinfecção. Apesar de ele não matar as bactérias e fungos, facilita a soltura da terra e ovos de parasitas dos vegetais.

É importante lembrar que nenhum produto sanitizante retira totalmente os agrotóxicos dos alimentos, principalmente os que podem ter ultrapassado os limites da casca e atingiram o interior dos alimentos. Dessa forma, os alimentos orgânicos, com origem conhecida e garantida são sempre as melhores opções.

Fonte: 1) Na cozinha com as frutas, legumes e verduras / Ministério da Saúde, Universidade Federal de Minas Gerais. – Brasília : Ministério da Saúde, 2016.
 2) http://www.nutrichefbrasilia.com.br

Comentar via Facebook